Z
A
I
L
D

M. Cavalcanti

EXPOSIÇOES COLETIVAS:

2012 – MAB. Dialogos da Resistencia. Museu Nacional de Brasilia - DF.
2011 – Dialogo da “ARTE CONTEMPORANEA”. Ava Galeria. Helsinki - Finlandia.
2011 – “CAFE NAS CORES TROPICAIS”. Ava Galeria. Helsinki - Finlandia.
2011 – Feira de arte. Ava Galeria. Carrocel du Louvre. Paris - França.
2010 – Coletiva “Dreams and Observations”. Frimont Gallery. South Pasadena-CA.
2007 – Coletiva “Abstração Agora”. Nova André Galeria de Arte. São Paulo-SP.
2002 – Ia Panorâmica Goiânia de Arte. Espaço Cultural STJ. Brasília-DF.

M. Cavalcanti: BIENAIS:

2016 – Prêmio aquisição. I BIENAL DE ARTE DO SESC – Brasília-DF
2012 – BELA. Biennial of European and Latin American Contemporary Art. Galeria do Palacio. Porto - Portugal
2007 – “I Bienal de Brasília”. Faculdades Interligadas UPIS. Brasília-DF.
1993 – I Bienal de Arte Incomum Museu de Arte Contemporânea. Instalação ao Ar Livre. Goiânia-GO.
1988 – “I Bienal de Arte Contemporânea”. MAC (Museu de Arte Contemporânea). Goiânia-GO.
[12:52, 19/3/2018] M. Cavalcanti: SALÕES:

1986 – IX Salão Nacional de Artes Plásticas. Centro-Oeste. FUNARTE. Museu de Arte de Brasília-DF.
1985 – VII Salão Nacional de Artes Plásticas. MAM (Museu de Arte Moderna) Rio de Janeiro-RJ.
1983 – Salão Cinquentenário de Goiânia. MAG (Museu de Arte de Goiânia). Goiânia-GO.
1981 – V Salão de Artes de Pelotas-RS.
1981 – V Salão da Primavera. Sociedade Brasileira de Belas Artes. Rio de Janeiro-RJ.

M. Cavalcanti: PRÊMIOS:

2016 – Prêmio aquisição Bienal do SESC. Brasília - DF.
1995 – Segundo Lugar. “90 Horas de Pintura Contemporânea”. MNBA (Museu Nacional de Belas Artes). Rio de Janeiro-RJ
1994 – Segundo Lugar. “90 Horas de Pintura Contemporânea”. Park Shopping. Brasília-DF.
1993 – Segundo Lugar. “90 Horas de Pintura Contemporânea”. Park Shopping. Brasília-DF.
1984 - Menção Honrosa. “I Salão de Artes Plásticas”. MAG (Museu de Arte de Goiânia). Goiânia-GO.
1981 – Medalha de Prata. I Salão de Artes da Câmara dos Deputados do Rio de Janeiro-RJ.
1981 – Medalha de Bronze. II Salão da Vila Militar. Rio de Janeiro-RJ.
1981 – Menção Honrosa. XIII Salão de Artes Plásticas da Barra da Tijuca. Rio de Janeiro-RJ.

BIBLIOGRAFIA

-MENEZES, Amaury. Da caverna ao museu: Dicionário de Artes Plásticas em Goiás. Goiânia: Fundação Cultural Pedro Ludovico Teixeira, 1998.
-SILVA, Antônio M. da. Dossiê de Goiás: Um perfil do Estado e Seus Municípios. Master Publicidade. Goiânia, 1996.
-KLINTOWITZ, Jacob. O livro do Incomum. Prefeitura Municipal de Goiânia, 1993.
-Px; MACHADO, Betúlia. Arte hoje: O processo em Goiás Visto por Dentro. Marco Zero. Rio de Janeiro, 1985.
-LOUZADA, Júlio. Artes Plásticas: Seu Mercado seus Leilões. Inter/arte/Brasil. São Paulo, 1986.
Anuário Latino Americano de Las Artes Plásticas.